Sapientiam Autem Non Vincit Malitia - Foto da ßguia: Donald Mathis Mande um e-mail para o Olavo Links Textos Informaš§es Pßgina principal

 

Ocupando espa´┐Żos

Olavo de Carvalho
Di´┐Żrio do Com´┐Żrcio (editorial), 18 de abril de 2008

 

No uso comum, exato ou tradicional da palavra, ´┐Żintelectual´┐Ż ´┐Ż o sujeito que estuda alguma coisa de interesse geral e escreve ou fala a respeito dela em lugares onde todo mundo pode l´┐Ż-lo ou ouvi-lo. No vocabul´┐Żrio especial do comunismo gramsciano, ´┐Ż o fulano envolvido de algum modo em propaganda revolucion´┐Żria. Na primeira acep´┐Ż´┐Żo do termo, um sambista n´┐Żo ´┐Ż, s´┐Ż por ser isso, um intelectual. Na segunda, pode ser o intelectual mais importante do pa´┐Żs, se seus sambas d´┐Żo prest´┐Żgio e dinheiro ao Partido ou transmitem, de maneira mais ostensiva ou sutil, mensagens pol´┐Żticas favor´┐Żveis ao comunismo.

Essa duplicidade de sentidos tem algumas aplica´┐Ż´┐Żes bem interessantes na guerra cultural. A primeira acep´┐Ż´┐Żo do termo d´┐Ż espontaneamente a entender que a pessoa a quem ele se aplica tem alguma autoridade na sua ´┐Żrea de estudos e merece, portanto, aten´┐Ż´┐Żo e respeito. A segunda n´┐Żo implica nem m´┐Żrito nem dem´┐Żrito: ´┐Ż mero termo t´┐Żcnico. Designa a inser´┐Ż´┐Żo do indiv´┐Żduo numa das se´┐Ż´┐Żes ´┐Ż ou ´┐Żcoletivos´┐Ż ´┐Ż que comp´┐Żem a estrutura partid´┐Żria: h´┐Ż o coletivo dos oper´┐Żrios, o coletivo dos camponeses, o coletivo dos militares e assim por diante. O coletivo dos intelectuais ´┐Ż o conjunto dos sujeitos envolvidos em guerra cultural e psicol´┐Żgica. O ´┐Żintelectual´┐Ż no sentido partid´┐Żrio n´┐Żo ´┐Ż necessariamente ´┐Ż na verdade n´┐Żo ´┐Ż quase nunca -- um ´┐Żintelectual´┐Ż no sentido comum. ´┐Ż apenas um ativista que usa os meios da ind´┐Żstria cultural. Ele n´┐Żo precisa ter nenhum estudo especial, nem, de fato, estudo nenhum. N´┐Żo precisa ter nenhum conhecimento, exceto o dos mecanismos usuais do ativismo partid´┐Żrio. Para distingui-lo do intelectual em geral, ´┐Ż melhor cham´┐Ż-lo de ´┐Żativista cultural´┐Ż.

Ora, um dos fronts mais importantes da estrat´┐Żgia revolucion´┐Żria de Antonio Gramsci ´┐Ż aquele que se empenha em ´┐Żocupar espa´┐Żos´┐Ż nas institui´┐Ż´┐Żes de cultura, educa´┐Ż´┐Żo e jornalismo, expelindo os advers´┐Żrios e colocando em seu lugar os militantes e colaboradores do Partido -- os ativistas culturais. O objetivo final ´┐Ż ocupar todos os espa´┐Żos, de modo que n´┐Żo existam mais intelectuais ´┐Ż nos dois sentidos do termo ´┐Ż fora do controle do Partido. Todos os meios s´┐Żo v´┐Żlidos para isso: o boicote, a difama´┐Ż´┐Żo, a marginaliza´┐Ż´┐Żo, a interprote´┐Ż´┐Żo mafiosa, a monopoliza´┐Ż´┐Żo partid´┐Żria do mercado de trabalho. Mas a t´┐Żtica mais perversa, mais costumeira e mais eficiente ´┐Ż atrair sobre meros ativistas culturais o prest´┐Żgio que a palavra ´┐Żintelectual´┐Ż tem na sua acep´┐Ż´┐Żo comum. Elevado ´┐Ż condi´┐Ż´┐Żo de autoridade, o ativista cultural torna-se automaticamente uma for´┐Ża automultiplicadora, expandindo a aura de ´┐Żintelectual´┐Ż sobre outros ativistas culturais iguais a ele e negando-a a intelectuais genu´┐Żnos que o Partido considere pessoas inconvenientes. Prosseguida a opera´┐Ż´┐Żo pelo tempo necess´┐Żrio, o Partido torna-se, atrav´┐Żs dos ativistas culturais bem colocados, a ´┐Żnica inst´┐Żncia julgadora capaz de conferir ou negar a condi´┐Ż´┐Żo de ´┐Żintelectual´┐Ż a quem bem entenda. Atingido esse ponto, a sociedade est´┐Ż madura para aceitar como intelectual em sentido estrito, como opinador abalizado, qualquer semi-analfabeto a quem o Partido confira esse r´┐Żtulo, bem como, complementarmente, a tratar estudiosos s´┐Żrios como caracteres aberrantes e at´┐Żpicos, alheios ´┐Ż comunidade intelectual ´┐Żoficial´┐Ż e respeit´┐Żvel.

A ´┐Żocupa´┐Ż´┐Żo de espa´┐Żos´┐Ż n´┐Żo tem nada a ver com a luta das id´┐Żias, com o enfrentamento leal no campo dos debates p´┐Żblicos. Antes do advento dela, o intelectual de esquerda tinha de concorrer em p´┐Ż de igualdade com seus advers´┐Żrios de direita, tinha de mostrar cultura, dom´┐Żnio do idioma e alguma seriedade. O gramscismo dispensou-o desse esfor´┐Żo, colocando em lugar da disputa de id´┐Żias a guerra pela conquista de posi´┐Ż´┐Żes. Da´┐Ż por diante j´┐Ż n´┐Żo se trata de provar superioridade intelectual, mas de subtrair ao advers´┐Żrio todos os meios de concorrer. O gramscismo ´┐Ż a institucionaliza´┐Ż´┐Żo do golpe baixo em lugar do debate intelectual. Da´┐Ż por diante, o que leva o nome de ´┐Żdebate´┐Ż ´┐Ż apenas a conversa´┐Ż´┐Żo interna entre militantes e simpatizantes do Partido, com alguma abertura para os indecisos e pusil´┐Żnimes, mas sem nenhuma chance para o ingresso dos inconvenientes, sobretudo se altamente qualificados.

N´┐Żo ´┐Ż preciso dizer que no Brasil esse ponto j´┐Ż foi atingido h´┐Ż muito tempo, e ele corresponde ´┐Ż total destrui´┐Ż´┐Żo n´┐Żo somente da vida intelectual genu´┐Żna, mas da simples possibilidade de haver uma.

´┐Ż apenas como sintoma banal desse estado de coisas que se pode entender uma iniciativa como a cole´┐Ż´┐Żo ´┐ŻIntelectuais do Brasil´┐Ż, paga com dinheiro p´┐Żblico pela Universidade Federal de Minas Gerais, na qual entram como figuras representativas Chico Buarque de Hollanda, Leonardo Boff e outros tipos que numa situa´┐Ż´┐Żo normal seriam apenas folcl´┐Żricos. A presen´┐Ża do sr. Gilberto Gil no Minist´┐Żrio da Cultura ilustra exatamente o mesmo fen´┐Żmeno, e nada ´┐Ż preciso dizer da redu´┐Ż´┐Żo de todos os cursos de filosofia e ci´┐Żncias humanas, nas universidades p´┐Żblicas e privadas, ao n´┐Żvel de escolinhas de forma´┐Ż´┐Żo de militantes.

Na medida em que a vida intelectual superior ´┐Ż o patrim´┐Żnio mais valioso de uma na´┐Ż´┐Żo, a apropria´┐Ż´┐Żo de espa´┐Żos pela estrat´┐Żgia gramsciana ´┐Ż uma atividade criminosa em alt´┐Żssimo grau, muito mais grave, pelas suas conseq´┐Ż´┐Żncias hist´┐Żricas devastadoras, do que o desvio de dinheiro p´┐Żblico ou o financiamento oficial a invas´┐Żes de terras. .